quarta-feira, 18 de julho de 2018

Ciro Gomes diz que Bolsa Família e acesso à Educação serão aperfeiçoados em seu governo


O pré-candidato à presidência da República pelo PDT, Ciro Gomes (foto), disse ontem em entrevista que o Bolsa Família será mantido e atualizado no seu governo de forma a garantir as três refeições da família e que seja uma forma condicionante de permanência das crianças na escola e de ter o cartão de vacinação em dia.
Ciro afirmou que o “Brasil precisa proteger o lado mais fraco, mais frágil da sociedade”. “Hoje, nós temos de novo 40 milhões de pessoas abaixo da linha de pobreza. Isto significa dizer que se estas pessoas tiverem o cuidado do setor público elas irão comer, senão, elas irão passar fome, literalmente”, declarou.
Para Ciro Gomes, “o Bolsa Família, é um programa que representa comida na mesa das pessoas. E só quem tiver uma pedra no lugar do coração pode imaginar a gente deixar uma população frágil, machucada pela miséria como a nossa sem, pelo menos, as refeições diárias para os seus filhos e para a família como um todo”.
O presidenciável Ciro Gomes também assumiu o compromisso de resgatar  em sua essência e ainda aperfeiçoar os programas de acesso à Educação aos jovens que não podem pagar pelo ensino particular, como o Fies e o ProUni.
Sobre o ingresso na universidade, Ciro afirma que “se a gente quiser fazer uma mudança profunda e definitiva na história brasileira é preciso apoiar esses programas que abrem o acesso, ampliam e qualificam o acesso do povo trabalhador à educação”.
De acordo com Ciro, fazer do Brasil um país melhor e mais humano para o brasileiro, amenizando as desigualdades sociais, é o sentido de sua luta política. “Eu vou governar o Brasil para todos, mas o olho que eu tenho para o pobre, a pobreza é que tem que ter o olho maior do governo”, resumiu o pré-candidato Ciro Gomes.