quarta-feira, 11 de julho de 2018

Agenor pede ao MDB para usar o mesmo número de 2014


O eleitor vota no Agenor Neto e não no número. A urna eletrônica remete a esse procedimento. O eleitor fala voto no “12, no 13, no 15, 45”, isso no majoritário. No proporcional vota no número do partido e do candidato. Isso cria uma afinidade. O deputado Agenor Neto (foto) já pediu ao MDB para separar seu número. Outros parlamentares fazem o mesmo.
O número se torna tão importante que os candidatos usam nos números do celular, placa do carro. O candidato na eleição vira um Número.
O eleitor faz a festa com a guerra de números.
(Blog do Roberto Moreira)