Banner Governo do Estado

RADIO

quinta-feira, 18 de junho de 2020

Fabrício Queiroz teme pela vida, diz advogado


O advogado Paulo Emílio Catta Preta, respoonsável pela defesa de Fabrício Queiroz, ex-assessor de Flávio Bolsonaro,  disse que seu cliente recebeu ameaças e tem medo de ser assassinado.

"Sim, ele teme pela vida dele", disse o advogado ao ser questionado por jornalistas na porta do Presídio de Benfica, na Zona Norte do Rio, onde Fabrício Queiroz foi levado depois de ter sido preso em São Paulo.

O advogado disse não saber detalhes sobre as supostas ameaças recebidas por Queiroz. "Ele não me disse quem fez as ameaças, mas disse que já recebeu ameaças desde que esse caso veio à tona", enfatizou Paulo.

Catta Preta também era o advogado do miliciano e ex-PM Adriano Magalhães da Nóbrega, morto na Bahia em fevereiro.

Queiroz foi preso na manhã desta quinta-feira (18) em Atibaia, no interior de São Paulo. Ele estava no imóvel de Frederick Wassef, advogado de Flávio Bolsonaro. Policial Militar aposentado, Queiroz movimentou R$ 1,2 milhão em sua conta de maneira considerada "atípica", segundo relatório do antigo Conselho de Atividades Financeiras (Coaf).

O Ministério Público do Rio de Janeiro pediu a prisão de Queiroz porque considerou que o ex-assessor de Flávio Bolsonaro continuava cometendo crimes e estava fugindo e interferindo na coleta de provas. A Justiça autorizou também a prisão da mulher de Queiroz, Márcia Oliveira de Aguiar.

Últimas notícias