Banner Governo do Estado

Banner Prefeitura de Fortaleza

Banner Câmara de Fortaleza

RADIO

sábado, 27 de junho de 2020

Queiroz negocia delação premiada com Ministério Público do Rio de Janeiro, diz CNN


O ex-policial e ex-assessor do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) Fabrício Queiroz estaria negociando com o Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) uma delação premiada. Segundo a emissora CNN, o pedido de Queiroz para colaborar com as investigações inclui proteção a sua família.

Embora as negociações sobre a delação premiada já estejam acontecendo há alguns dias, elas foram reveladas somente nesta sexta-feira, 26. Isso se deve ao fato de que o MPRJ precisa verificar, antes de concluir o acordo, que as informações fornecidas por Queiroz podem ser comprovadas e têm utilidade para as investigações.

Além das investigações sobre o esquema de "rachadinha", quando servidores-fantasma devolvem parte do salário ao parlamentar que os contrata, Queiroz pode ter também informações relevantes sobre a operação das milícias no Rio de Janeiro. Ele possui ligações com Adriano da Nóbrega, também ex-policial e acusado de chefiar a milícia "Escritório do Crime". A mãe e a ex-mulher de Nóbrega eram contratadas pelo gabinete do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) quando este era deputado estadual no Rio de Janeiro. As investigações apontam ainda que contas bancárias de Adriano foram usadas para transferir dinheiro a Queiroz. Ele foi morto em operação policial ocorrida em fevereiro deste ano na Bahia.

Últimas notícias