Banner Governo do Estado

terça-feira, 30 de junho de 2020

Ato do vereador Felipe Viana provoca perda de prazo e fracasso da CPI da Saúde, em Tauá


Desentendimento entre vereadores, na sessão desta segunda-feira, 29, resultou na perda de prazo para prorrogação da CPI da Saúde na Câmara Municipal de Tauá.

O presidente Felipe Viana se negou a colocar em votação pedido do presidente da Comissão, vereador Dr. Edyr, para prorrogar investigações.

Ao desconhecer resolução de plenário, tomada pela maioria dos parlamentares, Felipe Viana manteve a composição da CPI que beneficiou seu partido, o PSD.

Assim, com a inobservância de prazos dos trabalhos já presididos pelo vereador Marco Aurélio (PSD), a CPI perde a possibilidade de continuar as suas atividades de apuração das denúncias de irregularidades na saúde municipal.

Últimas notícias