Banner Governo do Estado

sexta-feira, 22 de maio de 2020

Celso de Mello libera parte do vídeo da reunião de Bolsonaro com ministros - Assista aqui

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Celso de Mello, decidiu levantar o sigilo do vídeo da reunião ministerial do dia 22 de abril, apontado pela defesa do ex-ministro Sergio Moro como pertinente à investigação que apura interferência ou não do presidente Bolsonaro na Polícia Federal (PF). A divulgação não ocorre na íntegra e trechos mais delicados foram excluídos.

Trechos mostram o ministro da Educação, Abraham Weintraub, criticando Brasília e dizendo que deveriam prender ministros do Supremo Tribunal Federal (STF). "Tem que acabar com essa porcaria que é Brasília", ele afirma. Diz também: "Eu por mim botava esses vagabundos todos na cadeia, começando pelo STF."
Em outro momento, o presidente Jair Bolsonaro faz ataques a políticos: "Bosta do governador de São Paulo, "estrumes do Rio", "bosta do prefeito de Manaus".

A divulgação ocorre dentro do inquérito que investiga a acusação de que o presidente Jair Bolsonaro pretendia intervir indevidamente na Polícia Federal. A divulgação é pedido da defesa do ex-ministro Sergio Moro.


Assista o vídeo:


Últimas notícias