Banner Governo do Estado

quarta-feira, 3 de julho de 2019

Em 2020 - MDB deve ter candidatura própria em Fortaleza


O eleitorado de Fortaleza está sendo detalhadamente estudado pelo MDB, como parte da estratégia eleitoral da sigla para as eleições municipais de 2020. O deputado estadual Danniel Oliveira (MDB) afirmou, nesta quarta-feira), que o partido dividiu a Cidade em 13 zonas e criou 13 diretórios para “entender melhor Fortaleza e lançar o número máximo de candidaturas”.

Mesmo atuando na base do governador Camilo Santana (PT), Danniel afirmou que o MDB deverá lançar candidatura própria à Prefeitura de Fortaleza. Segundo ele, a sigla é base de Camilo, mas não do PDT, dos irmãos Cid e Ciro Gomes (PDT). A afirmação representa o ressentimento dos emedebistas, em especial do ex-senador Eunício Oliveira (MDB), com os Ferreira Gomes e com o prefeito Roberto Cláudio.

Danniel conta que o MDB estuda lançar o deputado Walter Cavalcante à Prefeitura de Fortaleza e eleger, na Cidade, cinco ou seis vereadores. O parlamentar afirmou ainda que a sigla está mirando o Interior do Estado, em especial as cidades de Iguatu, Tauá e Juazeiro do Norte. Hoje, apenas o vereador Casimiro Neto representa o MDB na Câmara Municipal de Fortaleza (CMFor).

Eunício não recebeu o prometido apoio oficial da chapa pedetista em 2018 e acabou sendo derrotado nas urnas, com a eleição do senador Eduardo Girão (Podemos). Camilo, apesar das críticas de Ciro, apoiou a candidatura de Eunício em agradecimento aos recursos liberados pelo então presidente do Senado para o Ceará junto à gestão de Michel Temer (MDB).

Últimas notícias