Banner Dengue CE

Banner Camara Fortal

Banner Prefeitura de Fortaleza

terça-feira, 21 de maio de 2019

Cariri: Mais de 2.400 pessoas qualificadas nos programas Primeiro Passo e Criando Oportunidades

Com forte potencial econômico, o Cariri ganha reforço na qualificação da mão de obra dos 29 municípios da região. Por meio dos projetos Primeiro Passo e Criando Oportunidades, a Secretaria da Proteção Social, Justiça, Cidadania, Mulheres e Direitos Humanos (SPS) está capacitando mais 248 jovens e adultos na Região. Desde o ano passado, 2.458 pessoas foram qualificadas somente na região Sul do Ceará. Em todo o Estado, foram cerca de 21 mil formandos.

Juazeiro do Norte, com 423 pessoas capacitadas, o Crato, com 295, e Missão Velha, com 170, são os três municípios com maior número de pessoas qualificadas profissionalmente na região, nos últimos meses. “Nosso objetivo é qualificar mais e melhor a mão de obra disponível nos municípios, tanto para atender a demanda das empresas, como para preparar e incentivar as pessoas a abrirem seus próprios negócios”, destaca o secretário-executivo de Proteção Social da SPS, Francisco Ibiapina.

Entre os cursos mais solicitados para a região estão corte e costura, confeitaria de doces e salgados, mecânica de motos, informática e assistente administrativo. “O segmento de beleza é outro que tem demandado um grande número de cursos, principalmente de cabeleireiro, maquiagem e depilação”, acrescenta a coordenadora de inclusão social da SPS, Robertha Arrais.

Há cursos, ainda, nos segmentos de massas, na fabricação de pães e pizzas; de pintura e eletricidade predial e de atendente de farmácias. Os cursos ofertados pela SPS atendem demandas das prefeituras municipais, de entidades e de associações de classes produtivas e comunitárias, colaborando com a continuidade dos avanços conquistados pelas empresas da região. “A qualificação profissional é parte da política do Governo do Estado de incentivo à interiorização de investimentos e desconcentração do PIB da Região Metropolitana de Fortaleza, levando emprego e renda e desenvolvimento, para as cidades do interior”, reforça Ibiapina.

Últimas notícias