sábado, 10 de novembro de 2018

Prefeito em Exercício de Juazeiro do Norte, Giovanni Sampaio, participa do Conexões Municipalistas


A Prefeitura Municipal de Juazeiro do Norte participou, na manhã dessa sexta-feira, 09, do Conexões Municipalistas, evento realizado pela Confederação Nacional de Municípios (CNM), em parceria com a Prefeitura de Juazeiro do Norte e Associação de Municípios do Estado do Ceará (APRECE). O evento aconteceu no Auditório da Faculdade Paraíso do Ceará (FAP).
Na oportunidade, foi tratado sobre os desafios para a gestão pública e principalmente de toda a atuação do movimento municipalista, na garantia de conquistas e alternativas para uma gestão de qualidade. Compuseram a mesa de abertura, o Prefeito em Exercício de Juazeiro do Norte, Giovanni Sampaio, o Vice-presidente da Aprece, Nilson Diniz, e o Secretário Geral da CNM, Eduardo Gonçalves.
Estiveram presentes a Secretária de Educação, Loureto Lima, o superintendente da Autarquia Municipal de Meio Ambiente, Sidney Kal-Rais, a Gestora do Previjuno, Graça Alves, o Diretor do Departamento Municipal de Trânsito (Demutran), Pedro Cipriano, o Secretário de Agricultura e Abastecimento, Romão França, a Secretária de Segurança Pública e Cidadania, Ivoneide Brito, a Secretária Executiva de Saúde, Glauciane Torres, Prefeitos das demais cidades do Cariri, vereadores e servidores públicos.
Giovanni falou que o país atravessa uma dificuldade no tocante as administrações municipais, com relação as interferências que acontecem nessas administrações. Segundo ele, o Prefeito leva mais tempo justificando aquilo que vai ser feito e aquilo que pode fazer, do que propriamente decidindo sobre as questões do Município. “É importante que esse movimento municipalista possa estar cada vez mais coeso para que a gente possa realmente fazer uma boa travessia. É um evento importante e esperamos que seja muito proveitoso”, disse.
Nilson disse que precisa levar a pauta da CNM para colocar os pontos importantes para o Municipalismo, aquilo que esteja mais dentro da realidade. “Precisamos estar muito ativos como agentes públicos, para que a gente possa fazer com que sejamos vistos”, disse. De acordo com Eduardo, esse momento é muito importante, para diálogos e discussões. “Temos vários pontos a discutir e esse é o momento adequado”, enfatizou.
(Assessoria de Imprensa)