quarta-feira, 7 de novembro de 2018

Arnon assina ordem de serviço ordem de serviço para reforma do Hospital Infantil Maria Amélia


O prefeito Arnon Bezerra assinou, ontem (terça-feira, 6), a ordem de serviço para reforma e ampliação do Hospital Infantil Maria Amélia Bezerra de Menezes. A obra será realizada por meio de convênio da Prefeitura Municipal de Juazeiro do Norte com o Governo do Estado Ceará, com investimento em torno de R$ 4,5 milhões. O local será isolado com tapumes na próxima quinta-feira (08), para que as obras possam ser iniciadas. O prazo para conclusão é de 18 meses.

O processo licitatório foi concluído no último dia 19 de outubro, no qual a empresa Andaluz se habilitou para assumir a reforma. O deputado federal eleito, Pedro Bezerra, vereadores, secretários municipais, servidores, representantes da Andaluz e população em geral participaram da assinatura da ordem de serviço.

Para o prefeito Arnon Bezerra, este será um feito muito importante não só para Juazeiro do Norte, mas para todo o Cariri. “Nós vamos dar aqui melhores condições de trabalho para nossos profissionais e tratamento de excelência de todas as especialidades para nossos pacientes. Aqui a gente vai ter conforto e todos os instrumentos necessários para todos aqueles que precisarem dos serviços”, afirmou.

Entre as melhorias, a secretária de infraestrutura, Gizele Menezes, destacou que o projeto de reforma inclui a otimização do espaço, possibilitando ampliação de 20 para 50 leitos, dos quais serão 10 leitos cirúrgicos. Haverá 02 salas de cirurgias e ampliação dos leitos de emergência.

A secretária de Saúde, Francimones Albuquerque, ressaltou que, com a reforma, será possível proporcionar todas as condições de conforto e tratamento qualificado para as crianças, garantindo ainda melhores condições de acompanhamento. Até que a reforma seja finalizada, os atendimentos pediátricos continuarão a acontecer no Hospital Estephânia Rocha Lima. O local atual de realização dos atendimentos recebeu melhorias, com salas climatizadas, novos mobiliários, no sentido de possibilitar condições mais dignas de tratamento.

(Assessoria de Imprensa)