Banner_head Governo do Estado

Banner_head Câmara

domingo, 16 de maio de 2021

Segunda parcela do auxílio emergencial começa ser paga nesta segunda (17)


A segunda parcela do auxílio emergencial 2021 começa a ser paga em 16 de maio para o público em geral e em 18 de maio para os que pertencem ao Programa Bolsa Família (PBF). Os pagamentos da segunda parcela vão até 16 de junho para os cadastrados via CadÚnico, site e aplicativo. O calendário de pagamentos para quem tem Bolsa Família segue a ordem do número final do NIS, habitual do programa e a segunda parcela será paga até 31 de maio.

A lista de aprovados para a segunda parcela do auxílio emergencial 2021 poderá ser consultada no Portal de Consultas da Dataprev. No site, o beneficiário deverá informar nome completo, Cadastro de Pessoas Físicas (CPF), nome da mãe e data de nascimento. O ministério lembra ainda que as novas regras do auxílio emergencial não permitem novos cadastros.

O auxílio emergencial 2021 será concedido ao trabalhador que estava recebendo, em dezembro de 2020 e que cumpra as regras publicadas na Medida Provisória. Quem recebe o Bolsa Família e os inscritos no CadÚnico (Cadastro Único) não precisam fazer a pesquisa no site e não vão constar na lista da Dataprev. Nesses casos, as parcelas vão ser depositadas automaticamente – desde que o beneficiário atenda os critérios de elegibilidade do auxílio.

Caixa antecipa pagamentos

A Caixa Econômica Federal anunciou que vai antecipar os pagamentos da segunda parcela do auxílio emergencial. O novo calendário tem início no dia 16 de maio, com os depósitos para os nascidos em janeiro, e vai até o dia 30 de maio para os nascidos em dezembro. Antes, os pagamentos seriam feitos até 16 de junho.

Segundo a Caixa, para os beneficiários do Bolsa Família, nada muda. Eles continuam a receber o auxílio emergencial 2021 da mesma forma e nas mesmas datas do benefício regular.

Últimas notícias