Banner_head governo do estado

Banner_head camara fortaleza

domingo, 10 de julho de 2022

Secretaria de Saúde de Crato lança estratégia de vigilância epidemiológica para o Festival Expocrato

O Festival Expocrato, que acontece a partir de hoje (10)  e vai té o próximo dia 17, no Crato, conta com uma importante novidade nesta edição. A grande atração, no caso, não está na feira expositiva e não sobe aos palcos: está na palma das mãos dos visitantes e foi desenvolvida para garantir um evento mais seguro para todos. Estará disponível o aplicativo Guardiões da Saúde por meio da parceria entre a Secretaria Municipal de Saúde do Crato e a Associação Brasileira de Profissionais de Epidemiologia de Campo (ProEpi).

O Guardiões da Saúde é uma estratégia de vigilância epidemiológica comunitária para dispositivo móvel atualizada e mantida pela ProEpi. O aplicativo tem o objetivo de auxiliar no controle da emergência sanitária ocasionada pela Covid-19 e outras doenças.

Por meio do Guardiões, as pessoas reportam seu estado de saúde, com total sigilo dos dados. Assim, é possível o acompanhamento pela equipe de profissionais de saúde da Vigilância Epidemiológica da região que trabalhará os dados coletados para elaborar ações de vigilância em saúde, tanto individuais quanto coletivas de todos os participantes do festival.

Para a Secretária Executiva da Vigilância em Saúde do estado do Ceará, Sarah Mendes, essa estratégia irá aumentar a capacidade da vigilância em detectar oportunamente eventos de importância para a saúde pública e, assim fornecer boas informações para a tomada de decisão para conter surtos e epidemias.

A Secretaria Municipal de Saúde do Crato em conjunto com todos os parceiros do festival Expocrato vai sortear premiações exclusivas para os usuários que utilizarem o aplicativo durante todo o festival. E para participar é muito simples, baixe o aplicativo gratuitamente na App Store (iOS) ou no Google Play (Android), notifique seu estado de saúde e contribua com a vigilância em saúde.

Como funciona o aplicativo Guardiões da Saúde?

Uma de suas principais funcionalidades dessa estratégia é a "Vigilância Participativa" a qual, por meio de registros diários de saúde no aplicativo, a própria população exerce papel ativo no processo de vigilância.

O usuário responde à pergunta "Como você está se sentindo?" e, pode reportar estar "bem" ou estar "mal". Se a resposta for "mal", o Guardiões oferece alternativas de sinais e sintomas e garantirá recomendações de saúde importantes para o usuário.

O registro diário de saúde por conta do usuário possibilita a identificação de alterações no padrão epidemiológico das doenças.

Histórico da estratégia Guardiões da Saúde

Criado em 2007, visando a ser uma ferramenta de vigilância participativa para monitorar eventos de grande porte no Brasil, o Guardiões foi criado pelo Ministério da Saúde. Esse aplicativo passou por diversas atualizações para a Copa no do Mundo de 2014 e as Olimpíadas de 2016 em parceria com a Associação Brasileira de Profissionais de Epidemiologia de Campo (ProEpi) até chegar o ano de 2020 com o início da pandemia de Covid-19.

Desde então a ProEpi se tornou a mantenedora do aplicativo e buscando trabalhar no aprimoramento e desenvolvimento do aplicativo, levando-o para a Colômbia por ocasião da visita do Papa ao país e apoiando o uso da ferramenta na pandemia da Covid-19 em conjunto com a Universidade de Brasília.

O aplicativo atualmente possui mais de 38.000 usuários e mais de 5.000.000 de reportes de saúde. O GdS tem parcerias firmadas junto à Universidade de Brasília (UnB), o Instituto Federal de Brasília (IFB) e a Universidade Federal de São Carlos (UFScar).

Saiba mais em: https://proepi.org.br/guardioes-da-saude/

Últimas notícias