Banner_head governo do estado

Banner_head camara fortaleza

domingo, 17 de julho de 2022

Brejo Santo - Instituição de Longa Permanência para Idosos atinge 55% de execução; governadora Izolda Cela vistoria obra ao lado do deputado Guilherme Landim


A Instituição de Longa Permanência para Idosos de Brejo Santo está com 55% de apronto e vai beneficiar os moradores de todo o Cariri. A meta é dar acolhimento a até 110 idosos em situação de abandono ou negligência por parte da família. As obras foram vistoriadas neste fim de semana pela governadora Izolda Cela e pelo deputado Guilherme Landim, e a previsão é que o equipamento fique pronto até dezembro de 2022.

“A instituição, que é a primeira do interior do Ceará, vai nos permitir acolher e cuidar de idosos em situação de abandono de toda a região do Cariri”, destacou a governadora Izolda Cela.

O projeto nasceu com uma proposta-padrão, que poderá ser implantada em outros municípios do Ceará, por meio da Secretaria da Proteção Social, Justiça, Cidadania, Mulheres e Direitos Humanos (SPS). Ele busca garantir uma infraestrutura que permita o acesso dos idosos aos serviços disponíveis na rede de proteção social, como na área da saúde, educação, atividades culturais e de lazer, além da autonomia, independência e restauração de vínculos familiares.

Implantado num terreno de 15.000 m² de área, o equipamento está organizado da seguinte forma: 6 blocos de dormitórios, duas salas de atividades, centro ecumênico, refeitório, sala de repouso masculina e feminina, banheiros em todos os blocos, bloco da saúde, bloco de serviços, 4 praças, área de estacionamento e toda uma estrutura adaptada às necessidades dos idosos.

Serviços

No bloco da saúde haverá atendimento de fonoaudiólogo, fisioterapia, enfermaria, consultório odontológico, consultório médico, acompanhamento psicológico e social, espaço para atividades físicas e de lazer. O valor do investimento total é de R$ 11.894.821,78 e faz parte do Programa de Apoio às Reformas Sociais (Proares III), com recursos do Governo do Ceará e Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

Na construção já foram concluídos os serviços de concretagem de vigas e lajes, atualmente sendo executados os serviços de alvenaria, chapisco e reboco, piso industrial, construção do muro externo e instalações elétricas e hidráulicas. A execução do projeto é de responsabilidade da Superintendência de Obras Públicas (SOP).

Últimas notícias