Banner_head Governo do Estado

Banner_head Câmara

terça-feira, 16 de março de 2021

Camilo anuncia a ampliação do programa Mais Infância para até 150 mil famílias e contesta fake news sobre lockdown


O governador Camilo Santana (PT) anunciou na tarde desta terça-feira, 16, em redes sociais, medidas de ajuda econômica à população.  O programa Mais infância passará a beneficiar 150 mil famílias no Estado, mais que duplicando o número de beneficiados anteriormente, 70 mil.

O auxílio é para núcleos familiares cearenses de baixa renda com crianças de idade inferior a 6 anos. Cada família recebe pelo programa R$ 100 mensais. Os novos beneficiados passarão a receber o benefício de forma permanente, dentro da política estadual de apoio à infância. 

No pronunciamento, o governador reforçou ainda medidas já anunciadas aos setores de eventos e de bares e restaurantes, tais como auxílios de R$ 1 mil a trabalhadores desempregados, isenções de IPVA e parcelamento de ICMS, bem como isenção de contas de água para os dois segmentos, entre outras.

Parte da população cearense também estará isenta da cobrança de água nos meses de abril e maio. Tratam-se das 379 mil famílias que consomem até 10m3 de água por mês. Também a tarifa de contingência cobrada pela Cagece estará suspensa para 236 mil famílias. Já a isenção da conta de água para quem integra o programa SISAR Rural deve atingir 114,8 mil famílias.   

Outra medida social anunciada foi a concessão de mais de 2.500 bolsas do Auxílio-Catador, no valor de R$ 275.

'Fake News'

Camilo Santana aproveitou para contestar uma 'fake news' que circulou pelas redes sociais sobre supostos fechamentos de supermercados, postos de combustíveis e atendimento delivery dos restaurante, bem como de circulação de ônibus.

"Isso tudo é mentira. Nós estamos no isolamento social rígido e há medidas que sei que são duras e têm afetado a economia e a população, mas que têm como único objetivo proteger a vida das pessoas", reforçou. O governador ressaltou que qualquer eventual nova medida restritiva seria anunciada por ele diretamente e divulgada nos meios de comunicação oficiais, incluindo as redes sociais.   

Últimas notícias