Banner_head Governo do Estado

Banner_head camara fortaleza

terça-feira, 1 de fevereiro de 2022

Pré-estação chuvosa é a melhor no Ceará desde 2011


O registro pluviométrico dos meses de dezembro e janeiro, que compõem a pré-estação chuvosa no Ceará, foi o melhor do bimestre desde 2011. Choveu no acumulado do bimestre 215,6 mm e, de acordo com a Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh), as boas chuvas já provocaram melhoria no aporte dos reservatórios do Estado, que atualmente estão com média de 21,44% de volume. Dois açudes já transbordaram e a previsão é de que, com o início da quadra chuvosa neste mês, outros também ultrapassem o volume total da capacidade. 

Previsão da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) é de que, entre janeiro e abril, o prognóstico indica 40% de probabilidade de chuvas acima da média, 40% em torno dela e ainda 20% de chances de precipitações abaixo da normal climatológica.

Entre os municípios cearenses, Iguatu registrou o maior índice pluviométrico: 521 mm. Outros 73 municípios do Ceará tiveram índice acumulado de chuva acima da marca dos 200 milímetros. Os açudes que já sangraram em 2022 são Germinal, em Palmácia; e a Barragem do Batalhão, em Crateús. O reservatório Rosário, em Lavras da Mangabeira, ultrapassou a marca dos 90%

O Povo

Últimas notícias