Banner_head Governo do Estado

Banner_head camara fortaleza

sábado, 26 de fevereiro de 2022

Contas de luz continuarão com bandeira tarifária mais alta


A conta de luz vai continuar mais cara em março. A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) informou, nesta 6ª feira (25.fev), que a bandeira de Escassez Hídrica será mantida em todos os estados pelo próximo mês. A tarifa prevê um acréscimo de R$ 14,20 a cada 100 kWh consumidos na fatura da energia elétrica.

A taxa extra só não será aplicada aos beneficiários da iniciativa 'Tarifa Social de Energia Elétrica', que estarão isentos da cobrança, em março. 

Segundo a Aneel, a manutenção da bandeira de Escassez Hídrica foi necessária para cobrir os custos de energia, que foram elevados devido ao longo período de estiagem, a pior em 91 anos, e a decorrente escassez de recursos hídricos, em 2021.

O governo afirma que a tarifa deverá ser mantida pelo menos até abril de 2022, quando, de acordo com o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, a situação dos reservatórios deve se normalizar. "Acreditamos que [a bandeira Escassez Hídrica] não será necessária a partir de abril. [Ela] foi utilizada para pagar o custo adicional de geração de energia. Como nós não tínhamos água para gerar as nossas usinas hidrelétricas, tivemos que contratar energia no exterior, da Argentina, do Uruguai, e tivemos que usar nossas usinas termelétricas, que são mais caras, por conta do petróleo, do óleo, por conta do gás", explicou o ministro.

Últimas notícias