Banner_head camara fortaleza

Banner_head Governo do Estado

terça-feira, 8 de fevereiro de 2022

Evandro Leitão considera grave denúncia de André Fernandes e se solidariza com deputado


O presidente da Assembleia Legislativa do Ceará, deputado Evandro Leitão (PDT), em coletiva de imprensa, no Salão Nobre da Casa, na manhã desta terça-feira (08/02), qualificou como "extremamente grave" denúncia feita pelo deputado André Fernandes (PL), de que teria sofrido atentado na noite desta última segunda-feira (07/02), e se solidarizou com o parlamentar. O carro do deputado foi alvejado por disparos, após ser perseguido por uma motocicleta em Solonópole. 

"Trata-se de um caso extremamente grave e por isso fizemos questão de conversar com a imprensa e dizer que a AL não está de braços cruzados, e que jamais deixaríamos de acolher um parlamentar em um momento como esse", afirmou.

Evandro Leitão informou que disponibilizou profissionais do setor de segurança da Casa para o deputado André Fernandes, durante a apuração dos fatos. Ele informou ainda que a Secretaria de Segurança e Defesa Social já está investigando o caso para identificar e punir o criminoso. 

O deputado Osmar Baquit (PDT), que esteve presente na coletiva, considerou que esse momento "não é de diferença política". "Ocorreu um grave atentado contra um dos parlamentares cearenses, um crime que será investigado e, em breve, teremos novas informações", assinalou.

Para o deputado Leonardo Araújo (MDB) "não interessa se foi uma tentativa de assalto ou um crime relacionado a seu mandato parlamentar. Foi um atentado contra um representante do povo e isso requer uma investigação efetiva com resultados e punição dos criminosos".

O  governador  do Estado, Camilo Santana, também se manifestou a respeito do ocorrido nas redes sociais. Ele afirmou ter determinado uma "rigorosa investigação" do caso dos tiros disparados contra o carro de André Fernandes.             

O deputado André Fernandes informou na sua rede social que seu carro particular foi alvejado por disparos, após ser perseguido por uma motocicleta. O caso aconteceu na noite da última segunda-feira (07/02), em Solonópole. O parlamentar registrou um Boletim de Ocorrência (B.O) na Delegacia Regional de Iguatu. Segundo ele, a blindagem do veículo evitou que ele e o assessor fossem atingidos. Ninguém ficou ferido. 

(Agência de Notícias/Assembleia Legislativa)

Últimas notícias