Banner_head Governo do Estado

Banner_head camara fortaleza

quarta-feira, 10 de março de 2021

Sarto entrega 36 leitos para tratamento de pacientes com Covid-19; número na rede municipal chega a 644


O prefeito de Fortaleza, José Sarto (PDT), anunciou, nesta quarta-feira (10), a entrega de mais 36 leitos para atendimento exclusivo de pacientes acometidos pela Covid-19. Em visita ao Hospital e Maternidade Dra. Zilda Arns (Hospital da Mulher), ele detalhou que a unidade teve o acréscimo de seis leitos de enfermaria. No Instituto Dr. José Frota (IJF), foram mais 20 de enfermaria e 10 de Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Com o incremento, a rede hospitalar da Capital já dispõe de 644 leitos destinados aos casos de novo coronavírus. Durante Live nas redes sociais, realizada nesta manhã, o prefeito apresentou a logística em implantação no Hospital da Mulher, que já totaliza 114 leitos exclusivos para a finalidade.

“Ontem, seis novos leitos foram entregues no Hospital da Mulher. Hoje, já totalizamos 114, incluindo 94 leitos de enfermaria, 10 leitos de UTI Covid adulto e 10 de UTI neonatal. O planejamento inicial era expandir a capacidade em 120 leitos, mas os indicadores serão ultrapassados. Até a próxima semana, 13 novas vagas de enfermaria deverão ser entregues”, informou.

A estratégia, em implantação em toda a Rede Municipal, está alinhada aos indicadores epidemiológicos e assistenciais, marcados pelo expressivo número de pessoas acometidas por casos suspeitos ou confirmados da doença. O monitoramento diário vem possibilitando a otimização da assistência.

“Toda a Rede Municipal de Fortaleza está em processo de expansão e já disponibilizou, até o momento, 644 leitos. Já na próxima semana, deveremos superar o número de vagas exclusivas disponibilizadas em 2020 durante o primeiro pico da pandemia”, assegurou Sarto, acrescentando que a internação de pacientes infectados vem sendo gerenciada pela Central de Regulação do Município.

Para garantir o primeiro atendimento a pacientes acometidos por casos moderados da doença, as Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) de Fortaleza, já expandidas em 170 leitos de observação, seguem em pleno funcionamento, de domingo a domingo, 24 horas por dia. “Além disso, na UPA do Cristo Redentor, está em processo de construção uma estrutura anexa capaz de acolher cerca de 20 a 25 novos pacientes”, antecipou.


Últimas notícias