Banner Governo do Estado

quinta-feira, 23 de julho de 2020

Auxílio Emergencial: Donos de barcos e carros de luxo constam entre benefícios irregulares no Ceará, aponta CGU

Mais de R$ 9 milhões do Auxílio Emergencial do Governo Federal teriam sido pagos a cearenses proprietários de barcos e carro de luxo, sócios de empresas e financiadores de campanhas eleitorais, de acordo com levantamento da Controladoria Geral da União (CGU) no estado. Os dados mostram ainda que mais de 13 mil cearenses são suspeitos de receber indevidamente o benefício.

O prejuízo estimado aos cofres públicos federais é de R$ 9,083 milhões. — Foto: DivulgaçãoA CGU levantou as informações a partir de um cruzamento de dados com a Receita Federal e listou as pessoas que possuem "sinais de riquezas" e teriam, supostamente, fraudado o patrimônio para poder receber o auxílio. O órgão cobra a devolução imediata dos valores.
Entre os beneficiários, a CGU identificou o pagamento a 7.844 proprietários de veículos e valor superior a R$ 60 mil; 4.260 sócios de empresas com mais de cinco funcionários; 1.084 proprietários de domicílio fiscal no exterior; 535 proprietários de embarcações de alto valor e quatro doadores de campanhas eleitorais de valores superiores a R$ 10 mil.

Segundo o superintendente da CGU no Ceará, Giovanni Pacelli, existem três situações que podem explicar o pagamento irregular do benefício a essas pessoas. Uma delas são falhas no próprio sistema do Governo Federal.

Últimas notícias