Banner Prefeitura de Fortaleza

Banner Camara de Fortaleza

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2019

Renovado convênio para jovens do Primeiro Passo auxiliarem na biometria dos eleitores


A partir de março, cerca de mil jovens estagiários do Programa Primeiro Passo vão a auxiliar o Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE) no trabalho de cadastramento da biometria dos eleitores cearenses. O convênio renovando a parceria entre o Governo do Ceará e o Tribunal foi assinado na manhã desta segunda-feira (18), no Palácio da Abolição, pelo governador Camilo Santana, o desembargador Haroldo Correia de Oliveira Máximo, presidente do TRE-CE, e a secretária de Proteção Social, Justiça, Mulheres e Direitos Humanos, Socorro França. Acompanharam ainda a assinatura do termo de cooperação o presidente da Assembleia Legislativa, deputado José Sarto, e cinco jovens beneficiados pelo Programa.

“Desde o primeiro ano que sou governador a gente tem essa parceria com o TRE-CE. Ela une dois objetivos importantes. Um é fazer a biometria. Pelas informações que recebi, hoje o Ceará é um dos estados que tem maior percentual de cobertura. A outra é dar oportunidade a esses jovens. Espero que esses novos mil jovens possam cumprir a missão importante de ajudar o nosso Estado e o TRE-CE”, frisou o governador.

Os jovens que atuarão como auxiliares da Justiça Eleitoral do Ceará no ciclo 2019-2020 são estudantes de nível médio, com idade entre 16 e 21 anos. Os novos estagiários desenvolverão suas atividades nos cartórios eleitorais e postos de atendimento do TRE-CE. Nos últimos dois anos, 1.372 jovens trabalharam na captação das fotos e impressões digitais.

A meta da Justiça Eleitoral do Ceará é finalizar o recadastramento biométrico de todos os eleitores já para as Eleições 2020. Para isso, 55 municípios cearenses, incluindo Fortaleza, precisam completar o cadastramento. Para realizar a biometria, o eleitor precisa ir aos locais de atendimento portando documento oficial de identidade e comprovante de residência. O não comparecimento resultará no cancelamento do título.

(Governo do Ceará)

Últimas notícias