Banner_head Governo do Estado

Banner_head camara fortaleza

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2021

Na abertura dos trabalhos da Câmara, Sarto anuncia Nossas Guerreiras, maior programa de microcrédito da história de Fortaleza*



O prefeito de Fortaleza, José Sarto (PDT), anunciou hoje o maior programa de microcrédito da história de Fortaleza, "Nossas Guerreiras". Ele tratou sobre a proposta durante a sessão de abertura dos trabalhos da Câmara Municipal, na manhã desta segunda-feira (01/02). A iniciativa é parte do plano de retomada econômica da Capital e vai fornecer microcrédito de até R$ 3 mil a mulheres de baixa renda, prioritariamente chefes de família, que desejem empreender. 


De acordo com Sarto, R$ 50 milhões estão disponíveis para a execução do programa, que atenderá até 20 mil mulheres no primeiro ano de gestão. A ideia é garantir financiamento para compra de equipamentos, materiais e insumos, estimulando o empreendedorismo feminino. As beneficiadas terão carência de seis meses e poderão efetuar o pagamento em até 30 meses sem cobrança de juros. 


"É um incentivo para a mulher ter uma renda extra, para que a economia seja melhorada e o dinheiro circule na comunidade", defendeu Sarto. Segundo ele, a matéria será encaminhada à Câmara Municipal em breve. 


Durante a apresentação da Mensagem Governamental 2021, o prefeito também detalhou os principais projetos previstos para este ano na Capital, nas áreas de saúde, educação, habitação, segurança, mobilidade urbana, assistência social, esporte, lazer e juventude, entre outras. 


*Prioridades* 


Na conversa com parlamentares, Sarto também elencou as prioridades para os 100 primeiros dias de governo. Ele voltou a afirmar o compromisso com a garantia de vacinação para todos os fortalezenses, com o Plano de Retomada Econômica e com o retorno seguro às aulas. 


Neste contexto, o prefeito destacou o Plano de Imunização contra a Covid-19, que foi iniciado no último dia 18 de janeiro. Até ontem, Fortaleza já havia vacinado 42.961 pessoas que integram o grupo prioritário, incluindo profissionais da saúde da linha de frente contra a pandemia, trabalhadores da saúde, idosos com mais de 75 anos, idosos com mais de 60 anos que vivem em instituições de longa permanência e pessoas com deficiência acima de 18 anos também institucionalizadas. 


Sarto também fez referência ao Plano de Retorno às Aulas. Em virtude da pandemia, o ano letivo de 2021 foi iniciado de forma remota. A modalidade virtual é a mesma adotada no ano passado, que se mostrou importante para a preservação dos vínculos entre estudantes e escola. Houve aumento no número de matrículas e redução da evasão escolar. Os alunos receberão material didático, livros e kit de alimentação a fim de suprir a merenda escolar. 


Sarto reforçou que o processo de licitação para a aquisição de tablets e chips está em andamento. Serão disponibilizados 21 mil tablets e 242 mil chips com pacotes de dados para o desenvolvimento das atividades pedagógicas em regime domiciliar. 


Sobre o Plano de Retomada Econômica, além do Nossas Guerreiras, ele citou o programa Juventude Digital, que capacitará jovens em tecnologia e inovação para inseri-los no mercado de trabalho. Além disso, haverá ampliação do Meu Bairro Empreendedor, com o intuito de fortalecer economias locais. 


*Nova Territorialização* 


Entre as medidas já iniciadas pela gestão, está a implementação da nova territorialização de Fortaleza, que divide a Cidade em 12 secretarias executivas regionais e 39 territórios administrativos. A medida não impacta as finanças municipais. 


Baseada no Plano Fortaleza 2040, a mudança foi aprovada em 2019 na Câmara Municipal e tem o objetivo de diminuir as diferenças entre as regiões de Fortaleza, garantindo maior autonomia administrativa às Secretarias Regionais. "(A nova territorialização) Será importante para a demanda do dia a dia da população de Fortaleza", afirmou.

Últimas notícias