Banner_head Governo do Estado

Banner_head Fortaleza

quarta-feira, 11 de novembro de 2020

TRE-CE orienta mesários sobre procedimentos para o dia da eleição



Faltam poucos dias para a realização do primeiro turno das eleições e o TRE-CE reforça a importância de os mesários atentarem para as orientações e medidas sanitárias, a fim de que o pleito ocorra de forma organizada e segura para todos. São mais de 75 mil mesários convocados para atuar nas Eleições 2020 no estado do Ceará.


Para garantir a segurança dos mesários, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) tem trabalhado em conjunto com médicos e especialistas, a fim de definir os protocolos e equipamentos de proteção individual que serão disponibilizados no dia da votação.


Com a finalidade de eliminar o risco de aglomerações, o treinamento dos mesários vem acontecendo de forma on-line, por meio de uma plataforma EaD, disponibilizada pelo TSE, ou pelo aplicativo Mesários. O treinamento dos mesários inclui informações sobre as medidas e os protocolos sanitários adotados.


Em decorrência da pandemia pela Covid-19, o primeiro turno ocorrerá no domingo, 15 de novembro; e o segundo turno, se houver, acontecerá no último domingo do mês, 29/11.


Medidas de Proteção


Para proteção dos mesários, a Justiça Eleitoral fornecerá, no dia da eleição, máscaras de proteção facial em quantidade suficiente para que sejam substituídas a cada quatro horas; viseiras plásticas (face shields); álcool em gel de uso individual para higienização das mãos; álcool 70% para higienização das superfícies (mesas e cadeiras) e objetos (canetas) na seção eleitoral.


A fim de evitar riscos de danos, a urna eletrônica não deverá ser higienizada pelos mesários, mas apenas pelos técnicos designados pelo TRE e cartórios eleitorais.


Máscaras


O uso de máscara é obrigatório desde o momento em que sair de casa até o retorno, sendo necessária a troca a cada quatro horas. O mesário deve, ainda, utilizar protetor facial (face shield) durante todo o tempo em que estiver no local de votação. Na hora da identificação, o mesário poderá pedir que o eleitor dê dois passos para trás e abaixe brevemente a máscara.


Higienização


A orientação aos mesários é que higienizem as mãos antes e depois de tirar a máscara e/ou o protetor facial; ao chegar e sair da seção eleitoral; antes e depois de se alimentar; depois de ir ao banheiro e depois de tocar em documentos e/ou objetos dos eleitores (caso necessário).


Covid-19


Se o mesário estiver com febre no dia da eleição ou tenha sido diagnosticado com Covid-19 nos 14 dias antes do pleito, a orientação é que fique em casa. Nesse caso, ele deve comunicar imediatamente a ausência à sua zona eleitoral.


Distanciamento


É recomendado que os mesários respeitem o distanciamento mínimo de 1 metro das outras pessoas durante o trajeto e dentro do local de votação. Seja em transporte coletivo ou em condução própria, a dica é evitar veículos cheios. O contato físico com outras pessoas, como abraços e apertos de mãos, deve ser evitado.


Alimentação


Nos locais de votação, não é permitido se alimentar, beber ou fazer qualquer outra atividade que exija retirada da máscara. Os mesários poderão alimentar-se em espaços designados pelo TRE e pelos cartórios eleitorais em área externa ao local de votação, onde deve ser respeitada a distância mínima de 2 metros entre as pessoas.


Vale-alimentação - O TRE do Ceará informa que, em 2020, o procedimento para repasse do vale-alimentação aos mesários e colaboradores será feito, prioritariamente, por meio da Carteira Digital BB, um aplicativo para smartphone que irá favorecer o recebimento dos valores por parte dos beneficiários. Leia mais AQUI.


Vestuário


Nas seções eleitorais e juntas apuradoras, é proibido aos servidores da Justiça Eleitoral, aos mesários e aos escrutinadores o uso de vestuário ou objeto que contenha qualquer propaganda de partido político, de coligação ou de candidato.


Identificação


É recomendado que o eleitor exiba o documento oficial com foto, esticando o braço em direção ao mesário, não precisando que este pegue o documento. A verificação dos dados de identificação deve ser feita à distância. Em caso de dúvida quanto à identificação, o mesário pode solicitar que o eleitor afaste-se dois passos para trás e abaixe brevemente a máscara.


Caneta


A orientação é que o eleitor leve sua própria caneta para assinar o caderno de votação. Entretanto, as seções disporão de canetas higienizadas para os eleitores que não levarem. O mesário deve borrifar álcool na caneta de uso comum antes e depois da utilização por cada eleitor.


Técnicos de urna e demais colaboradores


As medidas sanitárias de distanciamento, higienização e proteção facial devem ser igualmente cumpridas pelos técnicos de urnas, motoristas, carregadores de urnas e demais colaboradores da Justiça Eleitoral.


Providências tomadas pela Justiça Eleitoral e outras orientações para eleitores, candidatos, mesários, técnicos de urna, servidores e demais colaboradores que atuarão no dia do pleito podem ser consultadas no Plano de Segurança Sanitária.

Últimas notícias