Banner Governo do Estado

RADIO

quarta-feira, 19 de agosto de 2020

Notícias da Câmara de Juazeiro do Norte


A sessão remota por videoconferência da Câmara Municipal de Juazeiro do Norte, nessa terça-feira, dia 18, aconteceu de forma tranquila e foi presidida pelo 1º vice-presidente da Mesa Diretora, o vereador Capitão Vieira Neto.

Vários requerimentos foram apresentados pelos parlamentares como Claudionor Mota que agradeceu ao profissionais da saúde de Juazeiro do Norte que trataram ele os familiares que foram contagiados com a Covid-19.

O agradecimento do vereador vai desde o pessoal da limpeza até o corpo médico nas pessoas da enfermeira Talita, da UPA, e da Médica Tamy, do Sentinela.

Jacqueline Gouveia solicitou avaliação técnica da Guarda Municipal para combater crimes ambientais, como queimadas e maus-tratos a animais. Já Auricélia Bezerra pediu troca de lâmpadas de vários bairros de Juazeiro do Norte.

Rita Monteiro questiona a gestão municipal qual o motivo do projeto de lei, de autoria dela, e aprovado pela Câmara, ainda não ter sido sancionado. O projeto visa garantir acolhimento aos servidores públicos em relação a atendimento psicossocial, grupo terapêutico, atenção ambulatorial, terapias, remédios e exames. Ela pede que o projeto seja sancionado o mais breve possível.

Damian de Firmino solicitou junto a secretaria de Meio-Ambiente e da Saúde que retirem as grades das praças para que as pessoas possam fazer caminhadas no local adequado e não fiquem nas ruas correndo risco de acidentes. O parlamentar acredita que não há mais necessidades das grades nas praças visto que o município já está na fase 02 da Retomada.

Valmir Domingos pediu que a secretaria de Infraestrutura faça um levantamento em relação as ruas que passaram por calçamento no Bairro Frei Damião e complete o restante das vias nas proximidades do posto de saúde e se possível passe camada asfáltica.

Gledson Bezerra solicitou que o ofício com o parecer da Comissão de Fiscalização e Controle da Câmara Municipal de Juazeiro do Norte, sobre divergências e possíveis irregularidades relacionados a construção e inauguração da primeira etapa da nova sede da Câmara Municipal seja enviado à Polícia Federal, Civil, Ministério Público e Tribunal de Contas.

Ele pede que investiguem as contas da construção, que foram realizadas com o dinheiro economizado durante a gestão dele Gledson Bezerra. O vereador afirma estar tranquilo e que todo dinheiro utilizado na gestão pública precisa ter transparência.   

(Assessoria de Imprensa)

Últimas notícias