Banner Governo do Estado

sábado, 4 de julho de 2020

Pesquisas buscam hipóteses para entender maior sensibilidade dos homens à Covid-19

Homem de 62 anos é primeira vítima fatal do coronavírus no país | InvestNewsDesde o início da pandemia de Covid-19, a doença causada pelo novo coronavírus, cientistas ao redor do mundo começaram a perceber que a infecção tende a afetar homens de forma mais grave que mulheres.Um estudo conduzida por cientistas chineses, publicado no final de abril na revista científica Frontiers in Public Health, concluiu que os homens morrem duas vezes mais por coronavírus do que as mulheres. Outra pesquisa publicada em abril, do Global Health 50/50, um grupo de pesquisadores da University College London focado em saúde e gênero, mostrou que, apesar de homens e mulheres se infectarem na mesma proporção, pacientes do sexo masculino têm de 50% a 80% mais chances de morrerem por coronavírus em todos os países afetados pela pandemia.

Últimas notícias