quarta-feira, 24 de outubro de 2018

Senador Eleito - Eduardo Girão promete mandato em defesa da família e sem regalias



Senador eleito pelo estado do Ceará, o empresário Eduardo Girão (Pros-CE) diz que em seu mandato desenvolverá um “trabalho firme” em defesa de valores da família. Girão promete se posicionar contra a descriminalização do aborto, a legalização das drogas, a liberação do porte de armas e a educação sexual nas escolas.
No caso do aborto, ele afirma que o debate realizado em torno do tema não é honesto e é embasado por números “deliberadamente inflacionados” de fatalidades em virtude de procedimentos clandestinos. Para Girão, todo aborto é inseguro.
— O assunto precisa ser encarado e debatido com lucidez. A ciência está do lado da vida desde a concepção. Temos que evitar mortes de bebês inocentes no ventre materno e o sofrimento de mulheres que ficam com sequelas físicas e psicológicas.
Em relação às drogas, Girão diz que o uso medicinal de substâncias derivadas da maconha é um assunto “pacificado” e que deve ser garantido, mas que isso é diferente do uso recreativo, que deve ser coibido. Segundo ele, a experiência da liberação em outros países causou aumento de violência e evasão escolar, além do problema do vício.
O futuro senador também coloca como prioridade do seu mandato o combate a privilégios para autoridades. Ele antecipa que dispensará prerrogativas parlamentares que são “imorais” e “sem necessidade”, na sua opinião, uma vez que o salário de senador é elevado.
— Vou abrir mão de auxílio-moradia, carro oficial com motorista, plano de saúde. Temos que dar o exemplo de cima para o efeito cascata acontecer nos estados e municípios.
Eduardo Girão é empresário atuante nos ramos de hotelaria, segurança privada e audiovisual. Ele foi presidente do Fortaleza Esporte Clube. Disputando sua primeira eleição para um cargo público, obteve 1,3 milhão de votos e ficou com a segunda vaga do Ceará.

Agência Senado