Banner_head Governo do Estado

Banner_head camara fortaleza

quinta-feira, 17 de março de 2022

Em clima de despedida de ministros, Bolsonaro promove hasteamento da bandeira

 


O presidente Jair Bolsonaro (PL) convidou todos os ministros de seu governo para um café da manhã no Palácio da Alvorada, nesta quinta (17.mar), que foi antecedido pela cerimônia de hasteamento da bandeira. O encontro é o primeiro a marcar a saída de pelo menos oito ministros do Governo Federal, que vão lançar candidaturas próprias. Os prazos para a chamada desincompatibilização, que variam de três a seis meses, são calculados com base na data do primeiro turno das eleições, que, neste ano, ocorrerá no dia 2 de outubro. Para ministros, o prazo final para deixarem os cargos é 2 de abril.

Todos os ministros estiveram presentes, com exceção da chefe da pasta da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves. Apesar de ser um dos nomes prováveis a deixar o governo para concorrer ao Senado, ela cumpre agenda nos Estados Unidos. O vice-presidente, Hamilton Mourão (Republicanos), outro que vai se lançar ao Senado, também não participou do encontro. 

Até o momento, pelo menos oito nomes devem deixar suas respectivas pastas. Entre eles, o Ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas (candidato ao governo de São Paulo); o Ministro do Trabalho, Onyx Lorenzoni (candidato ao governo do Rio Grande do Sul); Ministra da Agricultura, Tereza Cristina (candidata ao senado pelo Mato Grosso do Sul); Ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho (candidato ao senado pelo Rio Grande do Norte); e até mesmo o Ministro da Defesa, o militar Walter Braga Netto, o mais cotado para formar a chapa de Bolsonaro na reeleição como vice. O presidente ainda não anunciou os substitutos.

Últimas notícias