Banner_head camara fortaleza

Banner_head Governo do Estado

quarta-feira, 30 de março de 2022

TSE triplica número de urnas eletrônicas auditadas no dia das eleições


O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovou, na noite de 3ª feira (29.mar), a resolução que amplia o número de urnas eletrônicas que serão auditadas nas eleições gerais deste ano, fazendo com que o total de equipamentos triplique. A medida, segundo a Corte, tem como objetivo expandir o alcance e a transparência em todo o processo eleitoral.

De acordo com o novo texto, nas unidades da Federação com até 15 mil seções no Cadastro Eleitoral, serão escolhidas ou sorteadas 23 seções, sendo as 20 primeiras urnas submetidas ao Teste de Integridade (auditoria independente), e as demais ao Teste de Autenticidade dos Sistemas Eleitorais.

Já nas zonas eleitorais com 15.001 a 30 mil seções, serão escolhidas ou sorteadas 35. As 27 primeiras urnas passarão pelo Teste de Integridade; as outras oito, pelo Teste de Autenticidade dos Sistemas Eleitorais. Nas demais unidades federativas, serão escolhidas ou sorteadas 43 seções, sendo as 33 primeiras urnas submetidas ao Teste de Integridade, e as demais ao Teste de Autenticidade.

Outra mudança foi no procedimento de votação e apuração. Agora, os votos serão lançados na urna eletrônica por servidores efetivos do Poder Judiciário ou do Ministério Público. Anteriormente, a Resolução previa que essa seria uma responsabilidade apenas dos servidores efetivos da Justiça Eleitoral.

Últimas notícias