Banner_head camara fortaleza

Banner_head Governo do Estado

segunda-feira, 6 de dezembro de 2021

A partir de hoje, acesso à Assembleia Legislativa somente com comprovante de vacinação


A partir desta segunda-feira (6), quem se dirigir à Assembleia Legislativa do Ceará terá de ter em mãos o comprovante de vacinação com duas ou mais doses. A exigência foi determinada pelo presidente da Assembleia Legislativa do Ceará, deputado Evandro Leitão (PDT), e visa conter a entrada do coronavírus na casa legislativa, bem cmo a nova variente Ômicron. A decisão se estende a parlamentares, assessores, servidores, imprensa, colaboradores em geral e visitantes.

“Gostaria de pedir a compreensão e colaboração de todos, visto que se trata de uma decisão tomada com a finalidade de proteger a todos e, enquanto representantes do povo, devemos dar o bom exemplo e não abrir brecha para a possibilidade de uma terceira onda”, disse Evandro Leitão. 

Para não prejudicar parlamentares e colaboradores, Evandro Leitão sugeriu que os eventos da Casa sejam redistribuídos de forma a limitar a quantidade determinada por dia. Em sessões solenes e audiências públicas, será necessária a comprovação da vacinação e, em casos específicos e justificados, exigida a realização de testes até 24 horas antes. A vacinação pode ser comprovada com apresentação do próprio cartão de vacinação ou pelos aplicativos Ceará App, Vacine Já e ConecteSUS.

“Precisamos de responsabilidade em nossa conduta. Já perdemos mais de 600 mil pessoas em todo o Brasil para a Covid-19 e mais de 24 mil só no Ceará. Não podemos retroceder em nossos avanços. Somente a imunização em massa nos ajudará a superar esse momento”, assinalou.

O vice-presidente da Casa, deputado Fernando Santana (PT) apoiou a decisão e afirmou que a exigência da comprovação de vacina é algo “natural, a que o brasileiro já está acostumado”. 

Últimas notícias