Banner_head Governo do Estado

Banner_head camara fortaleza

quarta-feira, 29 de dezembro de 2021

Vereador Pedro Lobo tem requerimentos em defesa da mulher e idosos aprovados na última sessão do ano

 


A Câmara Municipal do Crato realizou a última sessão ordinária de 2021, nesta terça-feira, dia 28. 

Além do balanço da produção, do  trabalho, realizado no primeiro ano da atual legislatura e das mensagens de agradecimento e de perspectivas para 2022, diversos requerimentos e projetos foram discutidos e aprovados pelos vereadores presentes. 

O vereador e suplente de deputado estadual, Pedro Lobo (PT), fechou o ano legislativo, com o seu mandato comemorando a aprovação de mais seis requerimentos, todos solicitando ao Executivo, municipal e estadual,  a implementação de ções, que proporcionem mais saúde e segurança, para mulheres e  idosos do município. 

Confira as solicitações dos requerimentos: 

1. Criação do Centro de Referência da Pessoa Idosa;

2. implantação do Centro de Atendimento Integral à Saúde da Mulher;

3. Funcionamento da Delegacia de Polícia da Mulher,  24 horas, em tempo integral, inclusive nos finais de semana e feriados e ainda solicita ao governador Camilo Santana, o envio de mais uma viatura, uma sub-delegada e ampliação da equipe de escrivães e agentes;

4. Implantação da Casa de Partejar, para proporcionar às mulheres cratenses, um atendimento humanizado e um parto natural;

5. Reivindica junto ao Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) e ao Governo do Estado, a instalação em Crato, do Juizado de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulhe, conforme artigo 14, da Lei Maria da Penha. 

6. Solicita ao governador Camilo Santana a instalação da Casa de Acolhimento às Mulheres Vítimas de Violência, em Crato. 

Vale registrar, que três desses seis requerimentos, tiveram a autoria compartilhada pelas vereadoras Mariângela Bandeira e Lourdes de Carlimho.

O mandato do vereador Pedro Lobo, no decorrer deste ano, já aprovou com o apoio dos demais parlamentares, vários projetos e requerimentos, com o objetivo de garantir a participação nas políticas sociais, tanto do público feminino como dos idosos, por entender que são parcelas da sociedade, que precisam da atenção especial, principalmente no atendimento e proteção à saúde, bem como as ações de segurança e no combate à violência. 

Últimas notícias