Banner_head

sexta-feira, 14 de agosto de 2020

Juazeiro de Luto: morre Geraldo Menezes Barbosa

Morreu por volta das 22h45 desta quinta-feira, aos 96 anos, o cirurgião dentista, escritor e intelectual Geraldo Menezes Barbosa. Ele estava internado havia dias no Hospital da Unimed, em Juazeiro do Norte. Seu estado de saúde agravou-se nas últimas horas, segundo boletim médico divulgado às 11 horas.

BLOG DO JUAZEIRO: Obrigado Dr. Geraldo Menezes Barbosa – Por Beto ...Por mais de sessenta anos, Dr. Geraldo foi um dos mais ativos defensores do desenvolvimento do Cariri, nas suas várias áreas de atuação. Defensor ferrenho do Padre Cícero, escreveu obras exaltando a vida e o legado do sacerdote. Fundou emissoras de rádio, instituições educacionais e sociais.

Até pouco tempo atrás, resolveu com a própria voz, ler as crônicas que escrevia diariamente sobre os mais variados assuntos. Deixa um dos mais belos currículos de que se tem notícia na região do Cariri.



Segue um breve currículo publicado no site Escavador:

GERALDO MENEZES BARBOSA Nascido em 06 de junho de 1924 na cidade de Crato-CE Seus pais: José Barbosa dos Santos (jornalista) e Francisca de Menezes Barbosa. Fez Curso Primário e Ginásio em Crato. – Curso Científico no Liceu do Ceará em Fortaleza _ Curso superior em Odontologia na UFC e Curso superior em Pedagogia pela CADES-MEC além de 26 Cursos de extensão sobre Saúde e Cirurgia bucal, Previdência Social, Assistência ao Menor, Cidadania, Relações Humanas e para a Vida, Meio Ambiente, Psicologia, Filosofia, Parapsicologia, Hipnodontia, Jornalismo, Rádio e TV, Economia, Política, Direito do Menor, Ação Social Sessenta anos de participação direta no desenvolvimento da cidade de Juazeiro do Norte. Foi vereador e presidente da Câmara Municipal, em 1960, quando sancionou o primeiro Código de Postura da cidade. São 60 anos de jornalismo, quando lançou o jornal Correio do Juazeiro , em 1949, criando a Associação Juazeirense de Imprensa e suas crônicas diárias no CRP. É jornalista registrado na Associação Cearense e Imprensa com carteira de sócio efetivo datada de 1950 e membro da Associação Cearense de Rádio e Televisão. Dedicou 50 anos como Diretor e professor da Escola Técnica de Comércio de Juazeiro, 30 anos como professor de Biologia da Escola Normal, Colégio Moreira de Souza e seis anos no Colégio Salesiano de Juazeiro do Norte. Dez anos como cronista na Rádio Iracema, 5 anos na Rádio Educadora do Cariri e 45 anos na Rádio Progresso de Juazeiro, como sócio fundador, diretor, formador de opinião pública, com uma crônica diária. Editor da Revista Memorial. Livros escritos sobre História do Juazeiro, Crônicas, Literatura. Maia de 50 anos como sócio do Lions. Diretor Secretário da Comissão Pró Eletrificação do Cariri (1950) Lutou pela instalação do Aeroporto Regional e abertura da Estrada Barbalha-Unha de Gato nos anos 50\60. Trabalhou para criação do primeiro Banco de Sangue e sua instalação no Hospital São Lucas. Foi sócio proprietário do Hospital Santo Inácio. Lutou pela instalação das agências do Banco do Brasil, Banco do Nordeste, Caixa Econômica e da Receita Federal. Fundador da Sociedade de Amparo aos Mendigos, em 1956, hoje com 40 asilados e com assistência social e hospitalar no seu grande prédio da Rua São José Diretor da Escola Técnica de Comércio durante 50 anos. Criou e instalou a Faculdade de Engenharia de Operação de Juazeiro, com apoio do Gov. Adauto Bezerra (1975) hoje Centro de Tecnologia da URCA. Criou o Aeroclube de Juazeiro, ainda funcionando, e o Teatro Escola. Professor e palestrante do 2º Batalhão de Polícia e do Tiro de Guerra. Recebeu certificado de reconhecimento expedido pelo 4º. Exército e Medalha de Ouro do Mérito Militar expedida pela Polícia Militar do Ceará e de várias instituições. Fundador do Lions Clube de Juazeiro em 1956, primeiro presidente e depois Governador do Distrito de Lions Internacional, empossado nos Estados Unidos e também Orador Oficial do Conselho de Governadores. Foi Delegado Regional do Conselho Regional de Odontologia e do Sindicato dos Odontologista do Ceará e Presidente da Comissão do Centenário de Juazeiro (2011). Membro titular da Academia Cearense de Odontologia, da Academia de Cultura de Lions Internacional, da Sociedade Brasileira dos Odontólogos Escritores e do Instituto Cultural do Vale Caririense. Escreveu 26 mil crônicas, lidas diariamente na Rádio Progresso de Juazeiro.

Badalo

Últimas notícias