Banner Governo do Estado

RADIO

quarta-feira, 8 de julho de 2020

Prova do Enem será aplicada em janeiro de 2021


Em coletiva virtual realizada nesta quarta-feira, 8, o Ministério da Educação (MEC) afirmou que a prova escrita do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), adiada devido ao novo coronavírus, será aplicada nos dias 17 e 24 de janeiro de 2021.

Segundo pasta, a reaplicação da prova ocorre nos dias 24 e 25 de fevereiro e o resultado será divulgado a partir do dia 29 de março. A decisão, de acordo com MEC, foi tomada após conversa com representantes das instituições públicas e privadas.

Na ocasião, Antônio Paulo Vogel, secretário executivo do Ministério, ainda levantou a hipótese de ser realizado três Sisu no próximo ano, garantindo que levaria em consideração as necessidades das entidades de ensino, mediante o contexto de pandemia que o País enfrenta.

Em relação a escolha pelo mês de janeiro, Alexandre Lopes, presidente do Inep, afirmou que ela foi baseada na enquete respondida por candidatos, onde a maioria dos estudantes teriam afirmado que preferiam a aplicação do exame em janeiro. Complementando a fala de Lopes, Vogue afirmou que aplicação do exame em data posterior a agendada traria prejuízos.

Mesmo ocorrendo apenas em 2021, o Enem vai contar com procedimentos de segurança como distanciamento, uso de máscara e utilização de álcool em gel. Para garantir que os alunos realizem a prova obedecendo o afastamento físico, o MEC deve ampliar o número de salas destinadas a realização do exame.

Enem digital e seriado

Os estudantes que optaram pela versão digital do processo vão realizar a prova no dia 31 de janeiro e no dia 7 de fevereiro de 2019. Ao falar desse formato de aplicação, que será utilizado pela primeira vez, Antônio Paulo revelou que até 2026 o exame deve assumir o formato por completo, considerando versão como "vantajosa".

Na ocasião, também foi anunciado o Enem Seriado, processo que funciona por meio da aplicação da prova do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb), que ocorre uma vez por ano e apenas para estudantes do ensino médio. A partir de 2019, a nota da Saeb passará a valer para que o aluno concorra a uma vaga em nível de ensino superior.

O estudante do primeiro ano do ensino médio que realizar a prova da Saeb em 2021 terá o resultado registrado para, nos anos seguintes, ser somado aos resultados das outras duas aplicações. Quando ele chegar no terceiro ano do ensino médio, será gerada uma média encima das três notas e, caso ela corresponda ao esperado, ele poderá usa-la para garantir uma vaga no ensino superior.

Últimas notícias