quarta-feira, 10 de outubro de 2018

Bolsonaro diz negociar com 350 parlamentares em busca de apoio no Congresso

O candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro, afirmou em entrevista à TV Bandeirantes que mantém conversas com políticos em busca de apoio no Congresso Nacional, em caso de ser eleito.
"Nós temos conversado e palavreado com 350 parlamentares", afirmou, em entrevista gravada à tarde e exibida à noite pela emissora.
O capitão reiterou ainda o desejo de ter o deputado federal Onyx Lorenzoni (DEM-RS) como ministro da Casa Civil. "No que depender de mim, sim, ele será ministro. Quando ainda estava engatinhando a questão da candidatura a presidente, há três anos, nós já conversávamos", contou.
Dentre as propostas que pretende implementar, Bolsonaro disse que deseja discutir um sistema de votação que permita a auditoria e que quer tipificar ações do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) como terrorismo.
Ele pretende ainda fundir os Ministérios de Agricultura e Meio Ambiente para acabar com o "ativismo ambiental xiita" no Brasil.
O candidato sinalizou ainda discutir a redução da maioridade penal para 17 anos, e não para 16 anos como projetos que tramitam no Congresso.

Agência Estado