segunda-feira, 6 de agosto de 2018

Justiça decreta prisão preventiva do empresário Yury do Paredão

Yury do Paredão. (Foto: Fecebook)

A Justiça decretou nesta segunda-feira (6), a prisão preventiva do empresário Yury Bruno Alencar Araújo, de 30 anos. "Yury do Paredão", como é mais conhecido na Região do Cariri é empresário do ramo de entretenimento e aluguel de geradores para shows artístico e político no Ceará.
Neste segunda, a Polícia Civil cumpriu mandado prisão preventiva a pedido do Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE) por porte de arma de uso restrito e disparo de arma de fogo depois de imagens do empresário ter vazado nas redes socais. Nas imagens, o empresário aparece atirando contra um homem, identificado como caseiro de Yury. As imagens foram gravadas por amigos do acusado que aparecem rindo da cena enquanto os tiros são efetuados nos pés da vítima. Ainda no final de semana, o empresário e seus advogados haviam afirmado à imprensa local, que tudo não teria passado de uma brincadeira no sítio.
Hoje, por volta das 16h, Yury se apresentou na Delegacia da Polícia Civil acompanhado por dois advogados. Seu depoimento durou, aproximadamente, uma hora e meia. O empresário apresentou a arma usada no vídeo, que pertence a Polícia Militar do Estado Pernambuco.
O empresário foi acusado de porte ilegal e disparo de arma de fogo. No primeiro caso, a pena é de dois a quatro anos de reclusão e multa. Já por ter efetuados os tiros, também poderá ser preso por dois a quatro anos e pagar multa. Nestes dois casos, não há fiança.
Diante de seu depoimento, o delegado regional de Juazeiro do Norte, Juliano Marcula, quer agora saber como uma arma de uso restrito da PM de Pernambuco foi para nas mãos do empresário.
A prisão preventiva foi decretada pelo juiz da 1ª Vara Criminal de Juazeiro do Norte, Gustavo Henrique Cardoso Cavalcante. Nesta terça-feira (7), Yury será transferido para a Cadeia Pública de Juazeiro do Norte.