Banner_head camara fortaleza

Banner_head Governo do Estado

segunda-feira, 21 de março de 2022

Após Telegram cumprir determinações, Moraes revoga decisão e libera app


O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), revogou neste domingo (20.mar) a decisão de suspender o funcionamento do Telegram em todo o país. Segundo Moraes, a empresa responsável pelo mensageiro atendeu às determinações impostas pela Corte. Com isso, o aplicativo, que não chegou a sair do ar, segue liberado.

Na 6ª feira (18.mar), Moraes atendeu a pedido da Polícia Federal e determinou a suspensão do Telegram no país, com multa diária de R$ 100 mil em caso de descumprimento. Na avaliação da PF, o mensageiro "é notoriamente conhecido por sua postura de não cooprar com autoridades judiciais".

Após a decisão, o CEO e fundador do Telegram, Pavel Durov divulgou nota pedindo desculpas ao STF e alegando que houve um "problema com e-mails" que impediu a comunicação com a Justiça brasileira. 


Últimas notícias