Banner Governo do Estado

RADIO

quarta-feira, 1 de abril de 2020

Ex-prefeito de Uruburetama, acusado de crimes sexuais, vai para prisão domiciliar


Preso após série de crimes sexuais praticados durante consultas ginecológicas, o ex-prefeito de Uruburetama, José Hilson de Paiva, teve nesta quarta-feira (1/4), a prisão preventiva substituída por prisão domiciliar, e será monitorado por tornozeleira. A decisão foi proferida por juízes das comarcas de Uruburetama e Cruz.

O pedido da defesa se baseia na crise provocada pelo novo coronavírus e no quadro de saúde do cliente, segundo os advogados que o defendem. O político de 70 anos estava na Unidade Prisional Irmã Imelda, em Aquiraz.

Últimas notícias