Banner Governo do Estado

RADIO

quinta-feira, 9 de abril de 2020

Partido de Bolsonaro, Aliança pelo Brasil, não coleta assinaturas e está fora das eleições


O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e seus apoiadores não conseguiram apresentar as assinaturas necessárias para fundação do partido Aliança Pelo Brasil, com isso, não havendo possibilidade de apresentar candidatos próprios para as eleições municipais deste ano. O número mínimo de apoiamentos para criação da legenda no Tribunal Superior Eleitoral é 492 mil.

No último sábado, 4, terminou o prazo legal para que os partidos que vão disputar as eleições estejam registrados na Justiça Eleitoral. De acordo com entrevista concedida ao UOL, o secretário-geral da agremiação de Bolsonaro, Admar Gonzaga, afirmou que foram coletadas mais de 1 milhão de assinaturas, mas apenas uma pequena parte delas chegou a ser validada. Segundo ele, a cúpula do partido nunca anunciou que disputaria as eleições deste ano.

Durante a crise da saúde provocada pela pandemia do coronavírus, está em discussão a possibilidade de adiar a data da eleição. A medida daria mais tempo para a criação do partido do presidente. Próximo de assumir o Tribunal Superior Eleitoral, o ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), em nota, afirmou ser contrário a decisão, mas ressaltou que a palavra final deve ser dada pelo Congresso, a quem caberia a aprovação de uma emenda à Constituição.

Últimas notícias