Banner Governo do Estado

RADIO

segunda-feira, 13 de abril de 2020

Governo do Ceará reforça leitos de UTI na capital e interior para atendimento de casos de Covid-19


O governador Camilo Santana detalhou, na noite desta segunda-feira (13), em transmissão feita pelas redes sociais, a estrutura que o Governo do Ceará oferta para atender especificamente pacientes com o novo Coronavírus (Covid-19) em todas as regiões do estado.

Na capital houve ampliação com a solicitação temporária do Hospital Leonardo da Vinci, montagem de mais leitos de Unidade de Terapita Intensiva (UTI) em hospitais da rede de saúde estadual como de Messejana, HGF, Hospital São José e, a partir de parceria com a Prefeitura de Fortaleza, no IJF2.

Camilo Santana ressaltou a ampliação no número de UTIs no interior, mostrando preocupação com o fato de já serem 58 os municípios com confirmação da presença da Covid-19. “Há uma preocupação também que possamos distribuir os leitos no interior. A nossa expectativa é que possamos dobrar o número de leitos de UTI nos hospitais públicos do Estado e também naqueles que fazemos parcerias, filantrópicos ou municipais durante esse enfrentamento”.

O governador apontou, por exemplo, que no Hospital Regional do Cariri, em Juazeiro, já existem 50 leitos de UTI e estão sendo criados mais 35, exclusivos para atender aos pacientes com Covid no Cariri. No Hospital Regional de Quixeramobim são 40 leitos de UTI e serão construídos mais 20. No Hospital Regional de Sobral, além dos atuais 50 leitos de UTI foram criados mais 36.

“E vamos continuar ampliando. Nesta semana vou divulgar números de novos leitos de UTI em outros municípios como Maracanaú, Caucaia, Itapipoca, Iguatu, Icó e Crateús. Além de outras UTIs que estamos montando em hospitais municipais ou filantrópicos para podermos repartir esses leitos exclusivamente para atender pessoas com a Covi-19”, adiantou.

Ainda durante a apresentação realizada ao vivo, Camilo Santana falou da responsabilidade de garantir a estrutura necessária para receber esses pacientes. Segundo o governador, com a chegada de novos equipamentos que foram adquiridos na China pelo Governo do Ceará essa ampliação será consolidada. “Não é só querer ampliar os leitos, precisamos ter o equipamento mais importante que é o respirador, porque esse vírus causa graves problemas respiratórios. Então é fundamental ter o respirador e estamos comprando da China para poder atender à população”, afirmou.

“Precisamos de equipamentos e também e equipes para ampliar os leitos de UTI, fora a ampliação de leitos de internamento, para termos condições de atender à demanda de pessoas que se contaminam com a Covid-19. Tudo o que estiver ao meu alcance vamos fazer para salvar vidas e procurar que essa travessia que estamos enfrentando tenha os menores danos possíveis à população cearense”.

Últimas notícias