terça-feira, 15 de maio de 2018

Ministério Público quer acabar com nepotismo em Aiuaba

Prefeito Ramilson está na mira do Ministério Público

O promotor de Justiça da Comarca de Aiuaba, Fábio Vinicius Ottoni Ferreira, requisitou, no dia 10 de maio de 2018, dos onze vereadores do município e do prefeito Ramilson Moraes, a lista de todos os parentes até o terceiro grau que estejam trabalhando nos Poderes Executivo e Legislativo de Aiuaba.
As informações, segundo o documento, serão usadas para investigar práticas de nepotismo na Câmara de Vereadores e nas secretarias do município. O promotor concedeu prazo de 10 dias para que os vereadores e o prefeito entreguem a lista de parentes. a unidade de lotação e data de ingresso.