quarta-feira, 9 de maio de 2018

Deputado e ex-chefe da Casa Civil são presos em Cuiabá

O deputado estadual Mauro Savi (DEM) e o ex-secretário chefe da Casa Civil de Mato Grosso, Paulo Taques, foram presos, na manhã de hoje, em operação deflagrada para desmantelar uma organização criminosa instalada dentro do Detran para desvio de recursos públicos. A operação Bônus é decorrente de delações premiadas e de documentos apreendidos na primeira fase das investigações – a operação Bereré.
O desembargador José Zuquim Nogueira expediu seis mandados de prisão preventiva e cinco de busca e apreensão em Cuiabá, São Paulo e Brasília, de acordo com o Ministério Público de Mato Grosso. Eles são cumpridos pelo Núcleo de Ações de Competência Originária (NACO) Criminal e o Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (GAECO), composto por membros do Ministério Público, Polícia Civil e Polícia Militar.
O site Midianews, de Cuiabá, noticiou que foram presos os empresários Roque Anildo e Reinheimer e Claudemir Pereira dos Santos, conhecido como “Grilo”. Eles são donos da empresa Santos Treinamento, que é uma empresa de fachada usada para os desvios no orgão que chegaram a R$ 27 milhões durante a gestão do ex-governador Silval Barbosa (sem partido).