Banner Governo do Estado

Banner Câmara de Fortaleza

RADIO

terça-feira, 24 de março de 2020

Coronavírus: Governo do Ceará antecipa pagamento do Cartão Mais Infância


O Governo do Ceará realizou nesta terça-feira (24) a antecipação do pagamento do Cartão Mais Infância para auxiliar as famílias cearenses mais vulneráveis neste momento de pandemia do coronavírus. O valor de R$ 85 que seria depositado apenas em 15 de abril já está disponível na conta dos beneficiários, totalizando um investimento superior aos 4 milhões de reais. Mais de 47 mil famílias com crianças na primeira infância e em situação de extrema pobreza foram contempladas.

Os benefícios estão disponíveis para saque, mas é importante que as famílias priorizem os supermercados e farmácias, seguindo o recomendado pelas autoridades sanitárias. “Para evitar aglomerações, é importante que as mães realizem as compras diretamente nos estabelecimentos comerciais autorizados para venda, com a finalidade de atender as necessidades das crianças. Assim, vamos evitar a propagação da doença e garantir que nossos meninos e meninas sejam assistidos de forma segura”, sugere a primeira-dama do Ceará, Onélia Santana.

Para a secretária de Proteção Social, Justiça, Cidadania, Mulheres e Direitos Humanos (SPS), Socorro França, o essencial é garantir a alimentação das crianças cearenses. "O Cartão Mais Infância é um benefício que alcança mais de 47 mil famílias em situação de extrema pobreza no Estado. É essencial para a mãe que precisa assegurar a alimentação do seu filho. Foi ciente dessa urgência que o Governo do Estado antecipou a transferência da renda, prevista apenas para 15 de abril. Nesse momento tão difícil, estamos trabalhando para garantir essa assistência às famílias cearenses", pontua.

Investimento em 2020

No início do mês, o Estado efetuou o pagamento de valor superior a R$ 8 milhões para as famílias cadastradas. O montante foi refente aos meses de janeiro e fevereiro e contempla os beneficiários do programa de transferência de renda. A quantia de R$ 85 mensais é paga a famílias cearenses com crianças de 0 a 5 anos e 11 meses, incluídas no cadastro único para programas sociais do Governo Federal (CadÚnico). A iniciativa faz parte das ações do Programa Mais Infância Ceará e é executada pela Secretaria da Proteção Social, Justiça, Cidadania, Mulheres e Direitos Humanos (SPS). O investimento anual realizado pelo Estado é de R$ 50 milhões.

Últimas notícias