quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

Em três anos, Raimundão acumula três greves dos professores

Acorda Raimundão!

Pelo terceiro ano consecutivo, a administração Raimundo Macedo comprova seu descompromisso com a Educação em Juazeiro do Norte, deixando milhares de alunos fora das salas de aulas. Pelo menos esse é o pensamento da maioria dos 900 professores que nesta quinta-feira (19), aprovaram a deflagração da greve da categoria a partir do próximo dia 23 (ler tópico mais abaixo).
Nos três primeiros anos de seu governo - 2013, 2014 e agora 2015 -, a categoria teve de entrar em greve para ter seus direitos respeitados e assegurados. O Sindicato dos Professores reclama falta de diálogo e lamenta que o único meio de negociação seja por meio da greve.
No final de janeiro, prazo da data base para o reajuste anual do piso da categoria, Raimundão enviou e foi aprovado pela Câmara Municipal, projeto de lei que concede aumento de 6,5% para todos os servidores municipais, inclusive os professores.
A categoria quer que o aumento siga o piso nacional da categoria concedido pelo Ministério da Educação e Cultura (MEC), que foi de 13,01%.