quarta-feira, 12 de dezembro de 2018

Audiência com ministério público discuti soluções para irregularidades de empresa de lavagem automotiva em Juazeiro


Ontem  terça-feira, dia 11  o Ministério Público Estadual do Ceará realizou uma audiência pública para discutir possíveis irregularidades ambientais de empresas de lavagem automotiva, em busca de soluções se reuniram no auditório do Núcleo de Prática Jurídica do Centro Universitário Dr. Leão Sampaio.

Estiveram presentes mais de 40 proprietários de lava-jatos, além de representantes das Secretarias Municipais, da Autarquia Municipal de Meio Ambiente, da Superintendência Estadual de Meio Ambiente (Semace), da Companhia de Gestão de Recursos Hídricos do Estado do Ceará (COGERH), da Procuradoria-Geral do Município, do Corpo de Bombeiros Militar e da Companhia de Água e Esgoto do Estado do Ceará (Cagece).

Os dois principais encaminhamentos apos a audiência foram a requisição de um estudo quantitativo e de perfis sociais dos empresários e empresas de Lava-Jato, isso ficara nas mãos da Secretaria de Desenvolvimento Social e do Trabalho de Juazeiro do Norte (SEDEST), e possibilidade de criação de uma associação.

O Outro ponto foi a promoção de meios para inibição de trabalho infanto juvenil nesse locais, e promover trabalhos legais dentro dessa empresas

Ainda na audiência, foram eleitos dois representantes dentre os proprietários de lava-jatos que ficarão responsáveis por representá-los nos próximos atos que serão promovidos pelo Ministério Público e pelo Município.