quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

Antes tarde do que nunca: Raimundão anuncia "transparência" nos processos licitatórios a partir de 2015

Raimundão e o procurador João Victor participaram da coletiva.  (Foto : Flávio Pinto )

Antes tarde do que nunca, diz o ditado popular. Nesse caso, o .ditado pode ser aplicado para a coletiva à imprensa concedida pelo prefeito de Juazeiro do Norte, Raimundo Macedo, nesta quarta-feira (17). Raimundão reuniu alguns secretários e a imprensa para anunciar medidas as quais classificou de "transparência" no tocante as licitações.
A partir de 2 de janeiro, ou seja, dois anos depois do início de seu atual mandato, todas as licitações da Prefeitura de Juazeiro do Norte serão feitas a través de pregão eletrônico e o Ministério Público Federal e Estadual serão comunicados com 72 horas antes da realização do pregão. Foi isso que o prefeito Raimundo Macedo garantiu na coletiva.
Raimundão  e o procurador-geral do município, João Victor Grangeiro, que também participou da coletiva anunciaram ainda que nove empresas foram penalizadas por práticas de condutas impróprias à Lei de Licitações. No entanto, os nomes das empresas foram omitidas, bem como quais os tipos de crimes praticados e qual a penalização imposta. Nenhum dos dois também revelou se a empresa Maria Sheila-ME, denunciada pelo programa Fantástico, da TV Globo, está nesta lista de empresas penalizadas.
É bom lembrar que a corrupção não acontece no ato do pregão, seja ele presencial ou eletrônico, mas sim, nos bastidores, quando empresas são "convidadas" ou "escolhidas" por agentes públicos ou intermediários para compor a licitação. É aí que o Ministério Público deve agir.