sexta-feira, 19 de setembro de 2014

TJCE suspende decisão de juiz do Crato que determinava exoneração de 888 servidores nomeados, diz assessoria da prefeitura

Por meio de liminar, o Tribunal de Justiça do Estado do Ceará (TJCE), através de decisão monocrática (de único desembargador), concedeu efeito suspensivo contra a determinação do juiz José Flávio Batista Andrade, da 1ª Vara Cível do Crato, que havia obrigado o prefeito Ronaldo Gomes de Mattos suspender todos os contratos temporários firmados pelo município, o que resultaria na exoneração de 888 servidores nomeados na atual gestão.
A informação é da Assessoria de Imprensa da Prefeitura do Crato. O juiz e nem a assessoria do TJCE foram localizados pelo blog. Já Ministério Publico, autor da ação, vai recorrer e esperar pelo julgamento do pleno do TJCE.