segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

Justiça dá prazo de 72 horas para eleição na Câmara Municipal de Juazeiro do Norte

Vereadores devem escolher nova mesa diretora até a sexta-feira (20). (Foto: Juá da Catingueira)
O juiz Acelino Carvalho determinou o prazo de 48 horas para que o presidente em exercício da Câmara Municipal, Darlan Lobo (PMDB), realize eleições para os quatro cargos em vacância na casa legislativa de Juazeiro do Norte. A decisão, inclui até eleição para presidente, que devido a renúncia de Antônio de Lunga (PSC) está aberto desde o último dia 9. Os demais cargos são: 2º vice-presidente e 1º e 3º secretários.
A decisão saiu depois que o vereador Tarso Magno (PR) apoiado por outros 13 parlamentares, entrou na Justiça na última sexta-feira (13) com liminar solicitando a eleição.
O documento foi entregue neste início da tarde à Assessoria Jurídica da Câmara, que já deu ciência a Darlan Lobo sobre a decisão judicial.
Como a Câmara Municipal entrou em recesso por decreto do presidente em exercício, a eleição deve ocorrer até a próxima sexta-feira (20), quando termina o prazo de 72 horas dado pelo juiz Acelino Carvalho.
Marcelino Oliveira, procurador da Câmara acredita que a eleição já possa acontecer nesta quinta-feira (19), em sessão extraordinária.