domingo, 21 de dezembro de 2014

Suspensão do empréstimo milionário chega às mãos da presidência da Câmara nesta segunda-feira

Foto: Flávio Pinto

Nesta segunda-feira (22) a Justiça fará chegar às mãos do atual presidente da Câmara dos Vereadores de Juazeiro do Norte, vereador Capitão Vieira Neto (PTN) - ainda bem que faltam pouco dias para 31 de dezembro -, a decisão em forma de liminar do juiz José Acelino Jácome Carvalho, da 1ª Vara Cível de Juazeiro do Norte, que suspendeu a autorização de empréstimo milionário de R$ 22 milhões concedida pelos vereadores da base do prefeito Raimundo Macedo, através de votação realizada em sessão ordinária na quinta-feira (18),
A decisão saiu 24 horas depois da votação na Câmara Municipal. O juiz Acelino Jácome  atendeu o pedido interposto pelos representantes do Ministério Público de Juazeiro do Norte e do vereador Tarso Magno, relator da Comissão de Orçamento, Finanças e Fiscalização do Poder Legislativo municipal. Entre as várias ilegalidades demonstradas por Tarso Magno antes e durante a sessão que aprovou o empréstimo, estão a falta do parecer final da comissão concordando ou não com o pedido de empréstimo, a falta de fundamentação do Executivo. Apesar da secretária Raimunda Zarele ter sido convidada quatro vezes para dar explicação aos vereadores, ela não atendeu a nenhum dos chamamentos.
Por enquanto, Raimundão fecha o ano com mais uma derrota na Câmara Municipal. Mesmo contando com ampla maioria, o prefeito tem tido muita dificuldade para aprovar seus projetos, diante uma oposição diminuta, mas competente, eficiente e implacável.