sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

Jornal Estado de S. Paulo revela nome de 28 políticos delatados pelo ex-diretor da Petrobras

O ex-diretor de abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa citou, em depoimentos sob acordo de delação premiada, 28 políticos envolvidos no suposto esquema de pagamento de propina envolvendo a estatal, segundo reportagem do jornal O Estado de S. Paulo publicada nesta sexta-feira (19). Entre os nomes dos citados está Roseana Sarney, que renunciou o governo do Maranhão do último dia (10), e Eduardo Campos, ex-governador de Pernambuco que concorria à presidência nas Eleições de 2014, mas faleceu em um acidente aéreo. Na lista não consta nome de nenhum político cearense como setores da imprensa local especularam na campanha eleitoral passada.
A relação inclui ministro e ex-ministros do governo Dilma Rousseff, deputados, senadores, governador e ex-governadores, segundo o jornal, que informou ter obtido os nomes apontados por Costa em 80 depoimentos fornecidos entre agosto e setembro.
Costa, preso no início do ano na Operação Lava Jato e agora em prisão domiciliar, prestou depoimentos sob acordo de delação premiada e foi indiciado pela Justiça do Paraná por crimes ligados a irregularidades cometidas à época em que ocupava cargo na diretoria da estatal, entre 2004 e 2012.
A Petrobras está no centro de um escândalo de corrupção pelo suposto esquema envolvendo superfaturamento de contratos de empreiteiras com a estatal e repasse de recursos para partidos e políticos governistas.
A lista completa dos políticos citados por Costa divulgada pelo jornal:
PT: senadora Gleisi Hoffmann (PR), ex-ministra da Casa Civil; senador Humberto Costa (PE), líder do partido na Casa; ex-ministro Antonio Palocci; senador Lindbergh Farias (RJ); governador Tião Viana (AC); senador Delcídio Amaral; deputado federal Cândido Vaccarezza (SP);deputado federal Vander Loubet (MS)
PMDB: senador Renan Calheiros (AL), presidente do Congresso Nacional; ministro de Minas e Energia, Edison Lobão; deputado federal Henrique Eduardo Alves (RN), presidente da Câmara; ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral; ex-governadora do Maranhão Roseana Sarney; senador Valdir Raupp (RO); senador Romero Jucá (RR); deputado federal Alexandre José dos Santos (RJ)
PSB: ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos (morreu em 2014)
PSDB: Sérgio Guerra - presidente nacional do PSDB de 2007 a 2013 (morreu em 2014)
PP: senador Ciro Nogueira (PI); deputado federal João Pizzolatti (SC); deputado federal Nelson Meurer; deputado federal Simão Sessim (RJ); deputado federal José Otávio Germano (RS); senador Benedito de Lira (AL); ex-ministro das Cidades Mário Negromonte; deputado federal Luiz Fernando Faria (MG); ex-deputado federal Pedro Corrêa (PE); deputada federal Aline Lemos de Oliveira (SP)