sexta-feira, 20 de setembro de 2013

Raimundão reclama da demora do repasse de verbas da União


O prefeito de Juazeiro do Norte, Raimundo Macedo voltou a criticar a União pela falta de repasse de verbas para o município. Segundo Raimundão, o Governo Federal não repassou ao município nenhum centavo das verbas por ele alocadas no ano passado no orçamento geral da união quando ainda era deputado federal.
Raimundão também reclamou que a burocracia segue emperrando e o município não conta com recursos adicionais para resolver certos problemas. Por isso, tem recorrido constantemente a parcerias com o Governo do Estado onde a agilidade é maior.
No caso da saúde, por exemplo, falou serem muitos os projetos como a própria ampliação do Hospital São Lucas, onde já começa segunda-feira a reformar a UTI Neonatal. Planeja, inclusive, melhorias em torno do atendimento no Hospital Infantil Maria Amélia Bezerra e a gradativa recuperação dos postos de saúde que, como disse, os encontrou bastante deteriorados, necessitando de um tempo para colocar a rede de saúde em ordem.
Raimundão recordou o caso do corte no fornecimento de oxigênio para o Hospital São Lucas em virtude da falta de pagamentos pela gestão passada e a mesma situação junto a Citeluz Serviços de Iluminação Urbana que ameaçou paralisar atividades por idêntico motivo. O prefeito se referiu igualmente à folha dos servidores bem acima do que determina a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) e a situação das escolas como o caso do Sítio Pau Seco na qual “chovia mais dentro do estabelecimento do que fora e a Escola Padre Cícero ameaçando desabar”.
Com informação da Assessoria de Imprensa