quinta-feira, 13 de setembro de 2018

Vereadores debatem sobre obras no município do Crato

Na manhã de terça-feira (12) os vereadores discutiram acerca das obras no município. Jales Veloso (PSB) mais uma vez denunciou o descaso com o canal do rio granjeiro e na avenida José Alves de Figueiredo pois várias pessoas já caíram dentro do fosso devido os danos causados pela última reforma que não foram reparados.

Amadeu de Freitas (PT) informou ter sido procurado por moradores da comunidade Novo Horizonte por conta da paralização na obra da quadra daquela localidade. Segundo foi informado a contrução foi suspensa por divergências entre a caixa econômica e a gestão anterior. O prefeito Zé Ailton já entrou na justiça para dar continuidade à construção.

Lunga (PSD) utilizou o grande expediente para criticar a Saaec que, segundo ele, não vem prestando bons serviços a população apesar dos aumentos nas tarifas. Ainda criticou o fato da prestação de contas da Câmara não ter sido feita em plenário como indica o regimento interno. Segundo o presidente Florisval Coriolano (PRTB) os vereadores poderão ter acesso a prestação na secretaria da Câmara.

Bebeto Anastácio (PODE) agradeceu pelas diversas obras realizadas pela prefeitura municipal como a inauguração de dois CRAS e os asfaltamentos e calçamentos em diversos pontos da cidade. Segundo o vereador o Crato já evoluiu bastante na atual gestão e está a caminho de voltar a ser um protagonista no cenário político estadual.

Ainda foi aprovado um projeto de Lei que dispõe sobre a criação de elemento de despesa na Lei municipal nº 3.354/2017 que estabelece o orçamento de 2018. Logo após a sessão foi encerrada.

C
amara Crato