segunda-feira, 5 de março de 2018

Cirurgia inédita no Ceará reimplanta quatro dedos de metalúrgico



JÚNIOR: após implante, metalúrgico deve passar por fisioterapia e cirurgias menores MATEUS DANTASA casa do metalúrgico e da costureira, na comunidade Jabuti (entre Fortaleza e Eusébio, Região Metropolitana), ainda está por terminar. Francisco Nogueira Maia Júnior, 37 anos, olha as paredes de tijolo comum com vontade de voltar a trabalhar na construção civil. Escorada em um canto desse olhar saudoso, Antônia Magna Barros Correia, 36 anos, preenche a esperança do companheiro com afirmações de que vai dar tudo certo, se Deus quiser, o pior já passou. O Povo